13 buracos incríveis do Mundo

Imenso buraco na Guatemala - 2010

Neste post, o MundoMisterioso apresenta alguns dos buracos ou abismos mais incríveis de nosso planeta!

Abismos Famosos

Alguns dos buracos mais famosos do mundo são poços aparentemente intermináveis que engolem árvores, carros e edifícios inteiros – perigosamente alterando a paisagem. Outros se enchem com água, tornando-se buracos populares para natação e oferecendo oportunidades fotográficas únicas.

No sentido estritamente geológico, esses buracos ocorrem quando a água corrói a rocha sólida, criando uma cavidade subterrânea que cai/colapsa para dentro. No entanto, o termo pode ser utilizado em sentido lato para descrever qualquer queda súbita da superfície da Terra. Independentemente de como você os define, esses buracos enormes capturam a nossa curiosidade para os mistérios de suas profundezas insondáveis.

Imenso buraco na Guatemala - 2010
Imenso buraco na Guatemala – 2010

1- O poço imenso da Cidade da Guatemala

O buraco que ocorreu na Cidade da Guatemala em junho de 2010 é único, porque a atividade humana – não a natureza – foi a provável causa do mesmo. A explosão da tubulação de esgoto provavelmente criou a cavidade subterrânea, que é de cerca de 18 metros de largura e 91 metros de profundidade, de acordo com Sam Bonis, geólogo da Dartmouth College.

O poço da Guatemala
O poço da Guatemala

A cidade da Guatemala foi construída em uma região onde a Terra é composta principalmente de preenchimento pedra-pomes de erupções vulcânicas do passado. O chão, portanto, não é rocha sólida e pode ser facilmente erodido quando as fortes chuvas ocorrem, por exemplo, como foi durante a tempestade tropical Agatha, que foi quando este buraco se formou.

2 – O “Grande Buraco Azul”

“The Great Blue Hole” é um grande buraco subaquático na costa de Belize, que tem mais de 300 metros de largura e 120 metros de profundidade. Se formou como um sistema de cavernas de calcário durante a última era glacial, quando os níveis do mar eram mais baixos, e as cavernas ficaram alagadas conforme o planeta se aqueceu e os níveis do mar subiram.

Great Blue Hole - Belize
Great Blue Hole – Belize

Jacques-Yves Cousteau tornou o local famoso em 1971, quando declarou o Great Blue Hole como um dos 10 melhores locais de mergulho do mundo, e que hoje é considerado Patrimônio da Humanidade.

3 – O buraco de Picher, Oklahoma

A EPA chama Picher, Oklahoma, de o “lugar mais tóxico na América”, e hoje a cidade é uma cidade fantasma moderna. Anos de mineração de chumbo e zinco deixaram a cidade cheia de buracos como este.

O buraco de Picher
O buraco de Picher

Os telhados de algumas das minas – incapazes de suportar o peso da terra – entraram em colapso, e agora o ex-município abriga apenas gigantescas pilhas de mineração e inúmeros buracos semelhantes.

4 – Cenote Ik Kil

Cenote Ik Kil (cenote significa “bem natural” em espanhol) é um grande buraco na península de Yucatan no México, que é sagrado para os maias. A composição única da península de calcário poroso resultou em vários desses buracos cheios de água, mas Cenote Ik Kil é um dos seus mais famosos.

Cenote Ik Kil
Cenote Ik Kil

O buraco é de cerca de 27 metros de profundidade, adornado pela vegetação tropical e cheio de água azul claro que a realeza maia usava para relaxamento e sacrifícios rituais.

5- O Grande Buraco de Ravenna Boulevard

Um dos maiores e mais caros colapsos de esgoto nos Estados Unidos ocorreu na noite de 11 novembro de 1957, em Seattle. O tronco de esgoto caiu 44 metros para baixo da rua, mas o buraco enorme que resultou foi de apenas 18 metros de profundidade. Os reparos levaram dois anos para serem concluídos.

O grande buraco de Ravenna Boulevard
O grande buraco de Ravenna Boulevard

 

6 – El Zacatón

O buraco de El Zacatón é o mais profundo buraco cheio de água no mundo. Por muito tempo considerado sem fundo, mas, em 1997, a NASA resolveu o mistério do poço quando enviaram um robô submarino nas águas e encontraram a profundidade de El Zacatón como sendo de cerca de 338 metros.

El Zacatón
El Zacatón

A clara água azul é altamente mineralizada e tem um odor sulfuroso, e é muito quente – média de 30 graus centígrados. O nome do buraco vem das ilhas flutuantes de grama Zacate que se movem através do lago conforme o vento.

7 – Poço Neversink

O poço Neversink é um buraco de calcário no Alabama, e é um dos buracos mais fotografados do mundo por causa de suas belas bordas cobertas de samambaias e cachoeiras. O buraco é de cerca de 12 metros de largura no topo, mas se expande a 30 metros em sua parte inferior, que fica a 49 metros do chão. Neversink é o lar de morcegos e várias espécies de samambaias raras e ameaçadas.

Poço Neversink
Poço Neversink

8- Buraco de Daisetta, Texas

Em 7 de maio de 2008, um buraco de 6 metros de largura em Daisetta, Texas, começou a engolir tudo em seu caminho e se expandiu para 274 metros, no dia seguinte, com uma profundidade de 80 metros.

O Buraco de Daisetta, Texas
O Buraco de Daisetta, Texas

A antiga cidade de óleo situa-se no Hull Salt Dome, uma formação geológica de 6,5 quilômetros de diâmetro de sal compactado, e os geólogos especulam que os anos de armazenamento de resíduos de água salgada – um subproduto da produção de petróleo – provocou o buraco enorme.

9 – Poço Montezuma

O poço Montezuma está localizado no Montezuma National Monument Park do Arizona. O buraco foi formado durante a pré-história, quando uma caverna de calcário entrou em colapso, e hoje possui 111 metros de largura e 16 metros de profundidade.

Poço Montezuma
Poço Montezuma

Cerca de 1,4 milhões de galões de água fluem através do buraco a cada dia a partir de fontes subterrâneas. A água do poço Montezuma é altamente carbonatada devido aos altos níveis de dióxido de carbono, a água também contém muito pouco oxigênio e altos níveis de arsênico, por isso não possui peixes.

10 – Toca do Diabo

A Toca do Diabo é um buraco drapeado de samambaias em Williston, na Flórida, que é alimentado por mananciais subterrâneos. As médias da água são de 22 graus centígrados, e nas manhãs frias de inverno, o vapor pode ser visto saindo do chão – assim, os primeiros colonos chamaram o buraco de Toca do Diabo.

Devil's Den - a Toca do Diabo
Devil’s Den – a Toca do Diabo

A água quente e clara do buraco, faz com que seja um local de mergulho e snorkeling popular, e os visitantes da caverna podem ver antigas formações rochosas, estalactites e camas fósseis.

11 – Numby Numby

O buraco Numby Numby está localizado no Território do Norte na Austrália e é cercado por altas falésias. Uma primavera quente subterrânea alimenta o poço, mantendo a água em uma temperatura constante de 32 graus centígrados. A água atinge uma profundidade de cerca de 60 metros quase imediatamente e, as águas rasas ao longo da borda do buraco são ocupadas por grandes vitórias-régias.

Numby Numby
Numby Numby

Os aborígines australianos acreditavam que Numby Numby foi a casa de maus espíritos.

12-  Schmalkalden, Alemanha

Um deslizamento de terra gigante em uma rua residencial leva um carro com ele e deixa outro carro pendurado sobre a sua borda em Schmalkalden, região central da Alemanha, em 01 de novembro de 2010.

Schmalkalden, Alemanha
Schmalkalden, Alemanha

(Este buraco é mais como uma curiosidade, sem muita história para compartilhar, mas pensamos que você poderia achar que ele é digno de nota!)

13- O buraco da pista de corrida

Buraco na pista de corrida
Buraco na pista de corrida

Um buraco formado no campo interno do Charlotte Motor Speedway, na Carolina do Norte, em setembro de 2010, quando um cano de 30 anos de idade deteriorou 10 metros do subterrâneo. A estrada foi construída em cima de um aterro de antigo, e as fortes chuvas contribuíram para o colapso do subterrâneo.

Buraco no Charlotte Motor Speedway
Buraco no Charlotte Motor Speedway