“Gato diabólico” aterroriza vila na Inglaterra

Gato diabólico que aterroriza vila inglesa

Reforçando o estereótipo do gato preto… tsc tsc…

***

Um gato está sendo acusado de aterrorizar os moradores de uma pequena vila na Inglaterra. Shiny, apelidado de “Gato Diabólico”, já atacou crianças, adultos e até cachorros, segundo informou nesta quarta o The Telegraph.

Se fosse possível bichanos como ele ter passagem pela polícia, Shiny já teria cinco. Esse foi o número de vezes que as autoridades foram acionadas depois de suas arruaças.

Suas vítimas dizem que estão tão assustadas que trancam as portas e se armam com mangueiras e canecas de chá quente toda vez que enxergam Shiny andando pelas ruas. Os donos do gato dizem estar tentando controlar seu comportamento e inclusive já agendaram um psicólogo para animais. Mas muitos moradores da pequena vila de Little Treviscoe, no sul da Inglaterra, querem abater o gato temperamental.

Gato diabólico que aterroriza vila inglesa

No último mês de julho, Paula Burton, 42 anos, precisou correr para o hospital depois que Shiny atacou seus braços e pernas. Ele até tentou conter o bichano em fúria, mas não conseguiu evitar ferimentos que precisaram ser tratados com antibióticos. “Ele estava importunando meu gato através da porta de vidro. De repente, pulou e me atacou. Eu amo gatos e normalmente não tenho nenhuma reclamação – mas este animal está fora de controle”.

Paula não é a única a reclamar. A vizinha Carola Ballsdon disse que Shiny mordeu a sua mãe , que tem 90 anos de idade. “Ela ficou com um grande ferimento no braço, que precisou de tratamento durante três semanas, e duas grandes perfurações na parte de trâs de sua perna. São quatro patas cheias de garras e dezenas de dentes atacando você”, disse.

A polícia já foi chamada várias vezes, mas não pode fazer nada, pois a lei que permite intervenção em caso de cães ferozes não se aplica a gatos.

Mandie e Adrian Knowles, os donos de Shiny, vivem na vila com seus três filhos: Jasmin e Maisy, 7 anos, e Poppy, 2 anos. “Eu sei que as pessoas tiveram problemas com Shiny antes e ele pode ser agressivo às vezes, mas desde que ele foi castrado nós não vimos mais sinais de violência. Ele vive na rua, mas quando vem para casa come sua comida ao redor de Poppy – nós nunca tivemos problemas com nossas três filhas”, disse Mandie, 32 anos.

“Essas pessoas devem ter feito algo para ele agir dessa maneira. Ele não atacaria assim, do nada. Nós atendemos a polícia na porta de nossa casa umas cinco vezes – está ficando ridículo”.

Vi lá no Terra.